ESCOLA ESTADUAL IZABEL GONDIM

Nasceu com o nome de GRUPO ESCOLAR "IZABEL GONDIM" construído pelo estado na Interventoria Mário L. P. da Câmara, inaugurado em 18/03/1935. Hoje, ESCOLA ESTADUAL IZABEL GONDIM está localizada no bairro das Rocas, em Natal - Capital do Estado do Rio Grande do Norte/RN e oferece Ensino Fundamental Regular do 5º ao 9º Ano, nos turnos matutino e vespertino, e Educação de Jovens e Adultos (EJA) no turno noturno. Possui um espaço de leitura onde funcionam a Biblioteca Teodolina Cavalcante e a Sala de Leitura Câmara Cascudo.
O acervo da Sala de Leitura não é diversificado e a quantidade é insuficiente para realizarmos empréstimos regularmente. Por isso, elaboramos uma meta no PDE (Plano de Desenvolvimento da Escola) com o objetivo de otimizar o serviço prestado pela Biblioteca e Sala de Leitura, destinando recursos para adquirirmos livros de literatura infanto-juvenil, literatura de cordel, revistas em quadrinhos, dicionários, gramáticas, mapas, DVDs, além de material de consumo.

A EDUCADORA IZABEL GONDIM

Izabel Urbana Carneiro de IIIAIzabel Urbana Carneiro de Albuquerque Gondim nasceu em Papari, hoje município de Nísia Floresta, estado dor Rio Grande do Norte. Era poeta, educadora, dramaturga, ensaísta de livros didáticos. Segundo os críticos da época era dotada de grande inteligência com dons especiais para aliteratura. Izabel era especialmente preocupada com a formação das mulheres. Seus livros foram muito adotados nas escola públicas até o início do seéculo XX.

Em 1873, escreveu Reflexões às minhas alunas indicado nas escolas femininas. O livro tinha o cunho moralista analisando os vários momentos da vida feminina: da menina em fase escolar, da moça em puberdade, da moça em sua juventude, da mulher casada e da mulher mãe.

O Sacrifício do Amor, foi uma peça de teatro em cinco atos

Izabel Gondim foi a primeira mulher eleita sócia do Instituto Histórico do Rio Grande do Norte e do Instituto Arqueológico de Pernambuco.

Na casa de Izabel se reuniam os intelectuais da época onde realizavam grandes saraus. A escritora é a Patrona da cadeira nº 8 da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. Os seus poemas publicados em jornais foram reunidos no livro A Lyra Singela, em l933. Seu longo poema ufanista e romântico O Brasil, teve grande repercussão de público. Nesse poema a escritora louvou as belezas da pátria amada.

PUBLICAÇÕES DA AUTORA:

POESIA:
A Lyra Singela, 1870/1890), 1933; O Brasil; O preceptor, l933. ENSAIOS:
Reflexões às minha alunas, 1873 e Sedição de 1817 na capitania, 1907.
TEATRO:
O sacrifício do amor, 1909.
lbuqu,iZABELnício do seéc