SARAU DA EJA II

Com a participação dos alunos da EJA - Educação de Jovens e Adultos, professores e funcionários realizamos mais um Sarau, o segundo, onde os alunos se puseram a recitar poesias, cantar e fizeram também uma embolada de côco.











Parabéns aos novos gestores



                                                               Josimar Soares de Melo
   (DIRETOR)


Com base na lei de gestão democrática, a Secretaria da Educação realizou no dia 24 de novembro a eleição para a escolha de novos gestores da Escola Estadual Izabel Gondim.
Foi escolhida em processo de eleição direta a chapa 1, formada por Josimar Soares de Melo, para diretor e Maria Gorete da costa como sua vice. O pleito contou com a participação da comunidade escolar composta de alunos, professores, funcionários e pais.
Dentre as metas da chapa podemos apontar a reflexão e ampliação das discussões sobre educação inclusiva; a discussão e o resgate a respeito de princípios e valores fundamentais a formação ética e social do cidadão e a luta para uma educação de qualidade que leve nossos alunos a uma perspectiva de formação de cidadãos conscientes de seu dever na sociedade.
Nós, professores, funcionários e alunos parabenizamos os novos gestores pela vitória significativa - 96,04% e esperamos colaborar para o enriquecimento no rendimento escolar, com vista sempre ao sucesso do aluno.




Maria Gorete da Costa
(VICE-DIRETORA)


Nascida em Areia Branca (RN),é  graduada em Pedagogia e Especialista em Educação de Jovens e Adultos (EJA) pela UFRN.Começou sua vida profissional como professora de Educação Infantil no Estado, sendo aprovada em concurso na Rede Municipal de Ensino para o cargo de professora em 2004 ,lecionando na Escola Municipal prof. Ulisses de Góis.Possui experiência em Gestão Escolar, foi vice-diretora da Escola Estadual Pe. João Maria na Zona Norte de Natal no período de 2003 a 2006  . Atualmente como gestora da Escola Isabel Gondim, sua postura é destacada pela busca em atualizar-se profissionalmente, pelo compromisso com a escola , desenvolvendo um trabalho sério , participativo e inclusivo. Procura sempre articular  Escola, familia e comunidade.É uma gestora que prioriza o  carinho com a comunidade escolar. Fundamenta a sua pratica de Gestão e Pedagógica no cuidado e no respeito com que trata a todos, o que a faz bem conceituada por todos da escola , alunos e pais.
  

A mediadora Alzenir Araujo e o Projeto Sabores da Leitura


"Comecei a me envolver com o Projeto Sabores da Leitura a partir de 2009, depois que a escola teve o privilégio de receber a parceria do Instituto de Desenvolvimento da Educação(IDE). Sabia que, a partir dessa parceria, teríamos mais condições de realizar um trabalho mais efetivo com a leitura literária. Passamos a receber a formação tão necessária para que pudéssemos mudar nosso modo de pensar e realizar mediação de leitura, ambientação dos espaços, leitura dentro e fora da escola. Faz pouco tempo, mas as mudanças são bastante perceptíveis. Tínhamos uma biblioteca que quase não era utilizada. Não parávamos para planejar as atividades de leitura. Hoje, depois da implementação do projeto Sabores da Leitura, o cenário é outro. Muito nos orgulhamos, enquanto equipe, de termos sido incentivadas a acreditar no nosso trabalho ao ponto de participar do Concurso Escola de leitores, promovido pelo Instituto C&A, em parceria com o IDE. Estar entre as cinco escolas vencedoras é uma satisfação imensa. Com o apoio de nossa assessora Grace Helen(IDE), estamos conseguindo cumprir o cronograma dos eventos e atividades, fazendo os ajustes quando necessário. Conseguimos mobilizar o público alvo do projeto, dentro e fora da escola, principalmente os alunos do 1º ao 5º. Que satisfação ver as crianças constantemente na sala de leitura. Já virou ponto de encontro delas. Com relação à leitura no entorno da escola, basta falar que vamos realizar uma atividade na comunidade, que todas querem participar de uma forma ou de outra. Vão logo procurando um livro para apresentar! A escola ganhou projeção através da divulgação que estamos conseguindo realizar, temos um blog especificamente para este fim, o Jornal Literário, contamos com o apoio do Jornal Via Leste, da Rádio Via Leste. Enfim, este projeto veio para ficar. Considero que estamos apenas no início. Pretendemos avançar em 2011, buscando outras parcerias, fortalecendo os segmentos da escola que ainda precisam de mais atenção, pois as mudanças acontecem, embora de forma lenta. Não podemos parar. O movimento pela leitura literária no RN já é uma realidade."

A escritora e cordelista Sírlia Lima expressou sua opinião sobre a Sala de Leitura da E.E. Izabel Gondim.


“Enquanto educadora e escritora que sou, quero compartilhar a experiência que tive ao conhecer a Sala de Leitura da E.E. Izabel Gondim. Um espaço que fomenta nos alunos o gosto pela leitura, abrindo portas para o conhecimento escolar, poético e universal. Os alunos recebem muito incentivo para subsidiar seu letramento por meio de leituras, oficinas, concursos literários entre outros. O mais importante é que os professores estimulam os alunos a terem contato com os autores nacionais, priorizando os artistas da terra. Além de ler as obras dos autores, os alunos realizam pesquisa biográfica sobre o mesmo, realizam entrevistas e tem encontros literários com os autores, valorizando os alunos que se sentem inebriados com a presença do escritor e ficam ávidos por querer saber detalhes sobre o mesmo e suas produções literárias. Para realçar ainda mais o espaço, a Sala de Leitura do IG recebeu o nome de nossa ilustre escritora potiguar Flauzineide Moura que encanta com a sua simplicidade e maestria.”

A escritora Rosângela Trajano elogiou o trabalho que desenvolvemos com a leitura literária em nossa escola.


“Estive duas vezes na sala de leitura da Escola Estadual Izabel Gondim. Fiquei encantada! Parece um lugar mágico onde os livros ganham vozes, gritos de alegria e espanto dos alunos. A sala tem um acervo muito bom que vai de escritores internacionais, nacionais, regionais e locais. As mediadoras de leitura têm trabalhado insistentemente para que os alunos aprendam a ver na leitura um prazer, talvez um prazer como o de brincar, sim, brincar de ler. Deparei-me com alunos cheios de desejos por novas leituras, sorridentes por fazer parte daquele grupo presente na sala de leitura. Na minha primeira visita observei uma das mediadoras trabalhando a interpretação de cada aluno sobre a leitura de um livro, o que mais chamou a minha atenção foi a não interferência na opinião dos alunos leiitores, ou seja, vi que há um respeito na subjetividade dos alunos. Afinal, a leitura é uma viagem que fazemos na nossa imaginação e vai depender de cada um de nós seguir caminhos diferentes. Na minha segunda visita estavam presentes não somente as mediadoras, mas também as professoras dos alunos prestando atenção a tudo. Nesse dia, os alunos foram agraciados pela leitura de um livro meu intitulado "A catadora de lixo", no momento da leitura, o silêncio era geral. E só depois da leitura eles fizeram questionamentos curiosos sobre o tema proposto na leitura. Acredito que o trabalho da sala de leitura da referida escola esteja, aos poucos, colhendo frutos que ainda não vemos em muitas outras escolas, do tipo: pensar crítico, raciocínio lógico, cidadania e imaginação criativa. Fico feliz pelo belo trabalho dessa escola que tanto tem me maravilhado! Espero que sejam plantadas mais sementes e que a floresta da leitura nunca pare de crescer na E. E. Izabel Gondim.”

DEPOIMENTOS SOBRE O PROJETO SABORES DA LEITURA


















Comentários sobre o Acervo da Sala de Leitura.

Jardiele Estefane Nascimento Ciríaco, aluna do 4º ano, realizou uma mediação de leitura para os pais e disse: "Aqui tem tanto livro bom que é difícil escolher um para ler; estou gostando principalmente dos livros dos escritores potiguares, que eu ainda não conhecia muito. Eu só conhecia Salizete Freire. Agora conheço também Flauzineide Moura, Rosângela Trajano, Cyntia Menezes, Jânia Souza, Sírlia Lima."

Edineide dos Santos Padilha, aluna da EJA: "Agora temos mais opções de livros. Antes só tinha aquelas coleções sobre personagens da História. Estou gostando..."
José Anchieta Guimarães, trabalha na portaria da escola: "Depois que vocês colocaram o Cantinho da Leitura dos Funcionários estou lendo mais. Basta estender a mão. Os livros ficam bem acessíveis, tem muito autor bom, histórias bem diversificadas."
Jardson Lira, pai da aluna Jardiele. É monitor da atividade de Caratê, do programa Mais Educação: "Comecei a incentivar minha filha para a leitura com a Bíblia porque não tinha outros livros lá em casa. A Bíblia é um livro essencial, mas os de literatura infantil também são. Agora esta sala com tantos livros diferentes, autores daqui da terra e de outros lugares, está ajudando muito minha filha a ter mais interesse pela leitura. O trabalho está ótimo."

Alguns momentos de avaliação do projeto Sabores da Leitura


Janecleide Lira Ciríaco da Silva ( tia da aluna Jardiele, 4º ano, vespertino): "Para mim é uma satisfação imensa participar da inauguração de mais um espaço de leitura nesta escola. Já tivemos a inauguração da Sala de Leitura e agora estamos aqui para presenciar a inauguração do novo espaço da Biblioteca. Estes espaços, na minha opinião, vieram abrir novos horizontes para todos desta escola, principalmente para minha sobrinha Jardiele. A Sala de Leitura tem contribuído para quebrar as dificuldades que ela tinha com relação à leitura e, até mesmo, o complexo de inferioridade que ela tinha. Sei como tinha vergonha de se apresentar em público, por se considerar incapaz, de ler errado, mas o incentivo das mediadoras, os livros que ela tem lido aqui e em casa, o contato com escritores, tudo isso provocou uma mudança para melhor. Continuem assim!"


Jânia Souza, poeta e escritora potiguar: "Que alegria é ver uma escola pública ter o privilégio de possuir dois espaços de leitura. O bairro das Rocas está de parabéns. Que bairro rico em cultura. Aproveitem bem, frequentem estes espaços, promovam eventos que incentivem cada vez mais a prática da leitura literária. Desde já, como sócio-fundadora da SPVA (Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN), estarei esperando um convite para realizarmos aqui um sarau poético. Contem comigo!"

Erileide Maria Oliveira Rocha, Coordenadora do Programa Bibliotecas Escolares e Biblioteca para Todos-SEEC/RN e Coordenadora do Comitê PROLER RN. Atualmente é Subcoordenadora do Ensino Médio, com o PROLEM (Projeto de Leitura do Ensino Médio). Segundo Erileide Rocha "não ter o hábito de leitura repercute no desempenho escolar e profissional, na trajetória de vida dos estudantes e, principalmente, na sua convivência em sociedade. Hoje estou presenciando com muito orgulho a inauguração deste espaço. Vocês não imaginam como é triste chegar em uma escola e ver que um espaço que deveria funcionar para estimular a leitura e a pesquisa, só serve como depósito. Com muito esforço e perseverança estamos conseguindo mudar, aos poucos, essa concepção em nosso estado".


O vereador Ubaldo Fernandes, representante do bairro das Rocas, esteve presente à inauguração da Biblioteca e disse as seguintes palavras:"Os espaços de leitura tem grande importância para o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita, para despertar o gosto pela leitura literária nas crianças e jovens de nossa comunidade. Esta escola, que é a mais antiga de nosso bairro, está de parabéns! Desde já estou me prontificando a apoiar o projeto Sabores da Leitura. Já conversei com a professora Alzenir para que possamos viabilizar um projeto de leitura na Radio Comunitária, onde os alunos poderão, toda semana, fazer a leitura de um livro, contar uma história. Parabéns".

Jardiele e a leitura literária.






Jardiele , aluna do 4º ano, relata sua experiência com a leitura literária.
“Eu não gostava de ler, mas um dia, minha professora me disse que eu tinha que ler algum livro lá da Sala de Leitura. Então eu escolhi o livro “A Margarida Friorenta”. Cheguei em casa e mostrei a minha tia. Depois eu fui ler no sofá. Eu me esforcei para ler. Vi que a história era boa. Quando eu terminei, estava com sono e adormeci. E sonhei que estava dentro da história. Quando acordei, eu não sabia se estava em casa ou dentro do livro. Achei tão estranho...E desde esse dia eu não parei mais de ler. Hoje eu me considero uma representante da leitura em minha escola. Onde tem um evento de leitura, eu vou lá, só pelo prazer de ler para os outros. Minha tia me deu muito incentivo para que eu me tornasse uma criança leitora. E eu agradeço muito a ela por isso. E a Sala de Leitura é um cantinho muito especial. Todo dia eu vou lá! Gosto muito quando tem encontro com escritores.” Ela participou do Seminário Prazer em Ler durante os dois dias, interagindo com os escritores, abraçando Eleika Bezerra (IDE), a quem ela tinha muita vontade de conhecer. E assim, com sua simplicidade e alegria, encantou-se com tudo que viu e falou para o escritor Mário Prata:"Um dia eu vou estar no seu lugar, quero ser escritora também."

A aluna Jardiele no 4º Seminário Prazer em Ler.

Nossa querida aluna Jardiele, do 4º ano, sentiu muita alegria ao participar do 4º Seminário Prazer em Ler, mediando uma leitura, com um poema do livro "Casinha de Poesia", da escritora potiguar Rosângela Trajano.





Participação no 4º Seminário Prazer em Ler






Momento encantador! Conhecer Paulo Castro, diretor-presidente do Instituto C&A podermos apresentar o projeto Sabores da Leitura e os resultados que já conseguimos.

Mediação de leitura no Terminal de Ônibus do bairro das Rocas

Aproveitamos o descanso dos motoristas, dos cobradores e dos funcionários do terminal de ônibus das Rocas e levamos leitura literária para eles também porque LER é um prazer!


Procuramos divulgar o projeto Sabores da Leitura, junto com as "Sacolinhas Literárias" que os alunos distribuem ao fazermos as mediações no entorno da comunidade.