Intercâmbio na Colômbia

No Jantar de confraternização de chegada à Bogotá

 Na capital Bogotá existem bibliotecas espalhadas por toda a cidade. As bibliotecas são ocupadas por pessoas de baixa renda, que levam os filhos para que façam suas tarefas. Além disso, encontramos trabalhadores da construção civil, dedicando parte de seu tempo aos livros. O incentivo à leitura é tão grande, que o país está perto de zerar o número de analfabetos.



   
                           


ESCOLAS DO RN PARTICIPARÃO DE INTERCÂMBIO DE EXPERIÊNCIAS NA COLÔMBIA

Educadores potiguares partem de Natal neste domingo (15).
Cinco escolas estaduais do Rio Grande do Norte estão acertando os últimos preparativos para o intercâmbio que levará, na próxima segunda-feira (16), 41 professores de todo o Brasil à Colômbia. Agendada para o período de 16 a 22 de agosto, a viagem é parte da premiação das unidades educacionais que venceram o concurso Escola de Leitores no ano passado. A iniciativa é uma ação do programa Prazer em Ler, do Instituto C&A, realizado no RN em parceria com o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) e a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura.
A experiência pretende apresentar aos professores as políticas de promoção da leitura daquele país, consideradas de vanguarda na América Latina. A Associação Colombiana de Leitura e Escrita (Asolectura), instituição sem fins lucrativos situada em Bogotá, será a anfitriã do encontro. Além do Instituto C&A e da Asolectura, a organização do intercâmbio conta com a participação da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), do Rio de Janeiro.
O concurso Escola de Leitores envolveu secretarias de Educação e instituições sem fins lucrativos da área da promoção da leitura nas cidades de Natal (RN), Paraty (RJ), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). O projeto foi criado com a finalidade de mobilizar as comunidades escolares para a implantação, aprimoramento e consolidação de projetos de promoção da leitura e de formação de leitores nas redes públicas de educação e nas comunidades em que essas redes estão inseridas.
Durante a viagem, os educadores assistirão a uma palestra sobre cidadania, literatura e escola com o bibliotecólogo Didier Álvarez. O palestrante é especialista em Pedagogia Social e professor associado da Escuela Interamericana de Bibliotecología de la Universidad de Antioquia, localizada em Medellín, na Colombia.
Outro destaque da programação é a visita dos professores à Asolectura, seguida de um debate sobre políticas de cultura escrita e de leitura comandado por Silvia Castrillón, presidente da instituição. A Asolectura dedica-se a promover a união entre pessoas e instituições voltadas ao desenvolvimento da leitura e da escrita como meio de ascensão social. A instituição constitui uma interface entre o governo e as gências privadas para melhoria da educação e da escola, apoiando a criação e o fortalecimento de bibliotecas, fomentando a pesquisa e a promoção da leitura e da escrita.
A programação do intercâmbio prevê, ainda, o encontro dos professores com os escritores colombianos Yolanda Reyes, Francisco Montaña e Ivar Da Coll. Além disso, os educadores farão visitas a bibliotecas públicas e comunitárias de Bogotá.
Conheça os vencedores do concurso Escola de Leitores no RN e as respectivas professoras representantes da escola na viagem:

E. E. Hegésippo Reis (Nova Descoberta - Natal) - Profªs Maria Evânia e Sônia Medeiros
E. E. Prof. Stella Gonçalves (Alecrim - Natal) - Profªs Isabel Cristina e Maristella Costa
E. E. Clara Camarão (Felipe Camarão - Natal)- Profªs Elisimar Silva e Rosângela Maria
E. E. Izabel Gondim (Rocas - Natal)- Profªs Rosa Maria e Sílvia Gerlande
E. E. Maria Cristina (Parnamirim)-Profªs Angélica Vitalino e Miriam Antunes

Nós da Escola Estadual Izabel Gondim desejamos a todas as professoras uma excelente viagem  um retorno cheio de conhecimentos.

A Poeta Flauzineide Moura e sua árdua batalha em defesa da Literatura Feminina Potiguar

A Literatura Feminina Potiguar é muito...
Você já leu a literatura das escritoras potiguares? Leia mais. Não leu? Por favor, Leia! Trata-se da mais pura obra prima, ela nasce do coração, da alma, conta-nos histórias particulares de vivências, nos falam de sentimentos dessas mulheres que vem de todos os rincões, do Sul, do Norte, do Leste e Oeste de “nosso Rio Grande.”
A partir de dezembro de 2002 quando lancei “Poética Minha”, meu primeiro livro, vivencio experiências pedagógicas a partir de meus poemas. Em maio de 2003 passei a trabalhar outras escritoras e suas obras. Desde então venho desenvolvendo um projeto com o título: Difusão da Literatura Feminina Potiguar. A divulgação e valorização dessa Literatura vêm sendo feita através de leituras de textos diversificados que são trabalhadas em oficinas, mini-cursos, encontros, saraus e atividades de simples leituras com professores e alunos de escolas das redes públicas e privada, também em momentos de prestações de serviços meus a outros órgãos, mesmo quando se trata de outros temas que não educação, mostro a literatura de nossas mulheres, explanando-os como textos de acolhimentos para iniciar ações...
Através dessas leituras tenho tirado grande essência, descoberto valores expressivos, inéditos e maravilhosos; os mesmos têm tocado minha alma. Tenho sentido um caloroso envolvimento dos partícipes com essas leituras e atividades de releituras, propiciando reflexões, o desenvolvimento e o fluir das artes cênica e plástica, chegando-se à produções de novos textos, de outras obras inspiradas nessas leituras. Como esses textos nos envolvem e contagiam! São escritos de variados gêneros e estilos, desde o mais simples ao mais complexo, do romântico ao ousado.
São poemas, poesias, contos, biografias, crônicas, prosas, versos, trovas, cordéis e outros conteúdos literários. Todos trazem a essência e a bravura da mulher potiguar, os escritos aguçam realmente a curiosidade do leitor motivando-o a despertar e a fazer viagens imaginárias por terras potiguares, nesse meio de transporte prazeroso, leve, seguro e não dispendioso que é o livro, a leitura; a mesma abre portas para um mundo iluminado e colorido, rico de informações que enobrecem nossa imaginação e mais ainda: nosso aprendizado acerca do que temos em nosso estado, é assim com a literatura dos textos de nossas escritoras: é só crescimento histórico intelectual e cultural.
Então, você já leu a Literatura Feminina Potiguar? Leu? Leia mais.
Você ainda não leu a Literatura das Escritoras Potiguares?
Pois leia...
Ela é deslumbrante, admirável.
Você ainda não leu? Comece agora, pois,

Estas mulheres maravilhosas
Me orgulham de ser potiguar
Elas são fortes, guerreiras
E têm histórias para contar.
Vêm de todos os rincões,
Trazendo letras e sentimentos.
Essas mulheres maravilhosas
São orgulho para nossa gente.

Minha admiração e respeito a todas as mulheres que recebem o dom de Deus, escrevem e principalmente às que publicam, pois não é fácil publicar uma obra. Parabéns aos que me entenderam e obrigada por lerem até aqui.
Flauzineide de Moura Machado

A Escritora Jânia Souza visita nossa Sala de Leitura

Atendendo ao convite da equipe da sala de leitura Escritora Flauzineide Moura , a Escritora Jânia Souza esteve presente em nossa escola para falar aos alunos sobre a sua obra "Magnólia, a besourinha perfumada",
Foi recepcionada com muito carinho pelos professores e, principalmente, pelos ansiosos alunos curiosos de conhecer detalhes da obra que além de chamar a atenção, encantou-os do princípio ao fim. Numa  longa conversa com os alunos Jânia tratou de valores essenciais ao ser humano, deixando as crianças a vontade para falar de suas vidas, seus relacionamentos, seus mundos.
Foi uma tarde riquíssima em conhecimento, tanto para os alunos como para a escritora e professores, todos envolvidos no processo de vivenciar a obra e a sua mensagem que extrapola os limites do próprio autor, quando é apropriada pelo leitor.





Reinauguração da Biblioteca Professora Teodolina Cavalcante

No último dia 28 de julho tivemos em nossa escola a reinauguração da biblioteca professora Teodolina Cavalcante em um novo espaço. Na ocasião contamos com a presença de Erileide Maria Oliveira Rocha, Coordenadora da SUEM, as Escritoras Geralda Efigênia e Jânia Souza, o Vereador Ubaldo Fernandes, representante da nossa comunidade Rocas, além dos nossos alunos, professores, funcionários e pais.
O evento começou às 19:30hs e tivemos a apresentação de nossos convidados, onde as escritoras declamaram suas poesias e revelaram toda alegria em compartilhar esse momento conosco.
Foi uma noite memorável, onde também contamos com a presença da aluna Jardiele que leu uma poesia da escritora Geralda Efigênia e o seu pai, Jardson - professor de capoeira da nossa escola, que fez uma explanação da necessidade da leitura e o esporte na vida das crianças, adolescentes e jovens. Fechamos o evento com a distribuição de kits de livros aos alunos da EJA e um delicioso lanche, cientes de que esse novo espaço será mais um incentivo de incorporar a leitura na vida de nossa comunidade escolar.